Quantos anos você tem?

Quantos anos você tem?

Como responder a esta pergunta durante uma entrevista de Trabalho?

Se você estiver com mais de 40 e está a procura de um trabalho, provavelmente, você já experimentou este medo, ou talvez essa pergunta foi feita direta ou indiretamente. Como você deve lidar com isso?

Você está no meio de uma entrevista de emprego e o empregador, recrutador ou o selecionador pergunta: “Então, quantos anos você tem?”

O que você pensou ao enfrentar esse cenário? Deixe-me adivinhar, você, provavelmente, foi pego de surpresa, vários pensamentos passaram pela sua cabeça e, em um deles você quer saber se “podem realmente perguntar isso?”

Você, como a maioria com idade acima dos 50 anos de idade, aposto que respondeu com um sonoro: “Não” afirmando que quem perguntou estaria errado.

Você pensa que essa pergunta gera uma discriminação etária no emprego e, além de tudo, é rude, mas a questão em si é legal.

Você deve se preparar bem antes de uma entrevista e deve saber como irá reagir e o que dirá quando perguntado sobre sua idade. Muito do que acreditamos e sabemos sobre a discriminação por idade é vaga e ambígua. Isso é a má notícia para os trabalhadores acima dos 50 anos de idade. Nossas opiniões sobre o problema da idade podem influenciar o nosso comportamento durante uma busca de trabalho e depois de tornar-se empregado. Embora seja importante entender os princípios da discriminação baseada na idade, é mais importante que se descubra como lidar com isso no mundo atual.

O problema da idade ao se contratar um empregado pode ser a última forma socialmente aceitável de discriminação. Existe uma norma que determina que discriminação com base na idade para a contratação, remuneração, benefícios, treinamento, promoção e rescisão são ilegais. Muitas pessoas com mais de 50 anos de idade, e cada vez mais outras com 40 anos, acreditam que o problema da idade ainda existe e os afetam.

Uma pesquisa recentemente realizada por duas entidades, RetirementJobs.com e AARP, confirmam que entre 80 e 95 por cento das pessoas com mais de 50 anos de idade acreditam que “o problema da idade é fato na vida atual.” As estatísticas publicadas sobre a discriminação baseada na idade, no entanto, não denotam a extensão e o poder do problema da idade. Este artigo não é para minimizar as preocupações sobre o viés da idade. Eu quero que você pense sobre o que você pode e não pode fazer sobre a realidade, ou a percepção de outros sobre a idade aparente de cada um.

Aqui estão cinco coisas que você não pode fazer sobre o comportamento do empregador:

  1. Você não pode obrigar quer os empregadores comuniquem:

  • O resultado da entrevista. Se você não ouvir de um empregador sobre a entrevista, não pense que você fez algo errado ou deixou de fazer;

  • Práticas contemporâneas de recrutamento, raramente, fornecem informações aos candidatos. Muitas vezes não há uma mensagem de resposta automática, ou não há um convite para uma entrevista, tampouco há um feedback explicando o porque da rejeição.

  • Os empregadores estão, frequentemente, sobrecarregados com um grande volume de candidatos e têm pouco tempo para a escolha.

  • Os empregadores são extremamente cautelosos sobre o que eles dizem para os candidatos e para os funcionários. Pare de esperar agilidade e capacidade da resposta, Não há nada de errado se você ligar para a empresa para verificar se a vaga já foi preenchida, seja persistente.

  1. Você não pode ditar as decisões da contratação de uma empresa ou comportamentos:

  • Gerentes e executivos geralmente tomam decisões sobre contratação e demissão com base na condição financeira e organização da empresa;

  • Redução de pessoal não difere em motivação. Isso pode não parecer justo, mas aqui está o negócio: os funcionários mais velhos e com um longo tempo de serviço muitas vezes recebem melhor remuneração do que os colegas mais jovens, e os custos de cuidados de saúde e de aposentadoria de renda tendem a ser maior para esses trabalhadores mais velhos;

  • Os empregadores podem decidir demitir os funcionários mais caros, o que é permitido desde que a idade não seja a base para a decisão.

  • Eis o que você pode fazer para evitar ou superar o problema da de idade:

  • a) Conheça os seus direitos:

  • Familiarize-se com os direitos fundamentais previstos por leis federais e estaduais. Você não pode sempre optar por exercer ou fazer cumprir esses direitos, mas você deve saber o que é e o que não é permitido. Consulte a explicação nas normais locais;

  • b). Seja claro sobre seus objetivos:

  • Examine sua vida pessoal e profissional, faça um inventário do seu conhecimento, habilidades, capacidades e realizações. Considere o que você mais gosta de fazer. Identifique os empregadores específicos e saiba o tipo de trabalho que você deseja. Obtenha algum aconselhamento da carreira e selecione a ocupação ou profissão em que você está mais apto a prosperar. Coloquer todas essas informações no seu currículo de forma clara e concisa. Sua clareza e confiança será o propósito da sua contratação pelos empregadores

  1. Mostre o melhor do seu potencial:

  1. Isso pode parecer um pouco fútil, mas olhar e mostrar o seu melhor pode ser um fator decisivo. Use uma roupa nova e limpa na sua entrevista. Esteja bem preparado, mantenha a sua aptidão pessoal no nível mais alto possível, certifique-se que a sua saúde ou condições médicas estejam sob controle, estar bem descansado é importante. Demonstre o seu conhecimento para o empregador. Essas tarefas devem ajudar a mantê-lo confiante e equilibrado. Tente praticar para entrevistas com um amigo ou um treinador profissional. Por último, coloque todas as preocupações com a sua idade e da ameaça do fator etário fora de sua mente.

  1. Seja um aprendiz contínuo:

  • Se você é um candidato ou um empregado, sempre busque crescer e aprender. Isto é nuito importante para suas habilidades com computador e conhecimento. Demonstre suas habilidades no uso do computador, enviar e-mail, navegar na Internet, e lidar com aplicações básicas, como processamento de texto. A incapacidade de quanto ao uso de mesmo básicas em um computador é um motivo de rejeição, cuidado. Possua um computador, saiba configurá-lo, tenha uma conta de e-mail, saiba o básico. Habilidades com o PC e com um telefone celular são maneiras poderosas para mostrar que você é tecnicamente esclarecido e não um dinossauro.

  1. Procure emprego e trabalho nos lugares certos:

  • Muitas indústrias e empregadores valorizam os trabalhadores mais velhos. Se você já está trabalhando para um empregador, faça tudo o que puder para ficar nessa organização. Enquanto isso, aqui estão alguns lugares para começar a procura de empresas que contratam e recolocam os trabalhadores mais velhos:

  • Busque a lista dos principais empregadores nacionais que não se importam com a idade.

  • Use Web-Job Posting por possuirem vários sites com anúncios de emprego voltados para os trabalhadores 50 e mais velhos.

  • RetirementJobs.com, que avalia os empregadores que acolhem os candidatos mais velhos.

  • RetiredBrains, banco de empregos para Sêniors.

  • Jobs4.0.

  • e outros.

Para ajuda com o seu pedido, por favor, entre em contato com Nelson Lisboa, e-mail nlisboa@brxgroup.ca ou ligue para 416-560-1464 (Toronto) e (11) 4040-4423 (São Paulo). Representamos clientes em todo o Canadá e internacionalmente, Visite e clique em curtir ”like” na nossa página no Facebook http://www.facebook.com/ImigracaoParaBrasileiros.

Até breve.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s